Archive for junho \08\UTC 2011

h1

Limpar o Brasil. Let’s do it?

08/06/2011

Há o lixo que apodrece e os recicláveis clássicos: papel, vidro, metal, plástico. Há lâmpadas fluorescentes, baterias e pilhas, além dos eletroeletrônicos e medicamentos. O destino que a gente dá a todas essas coisas que não nos servem tem consequencias e todos nós sabemos quais são: obstrução de rios, sistemas de esgoto e galerias pluviais, esgotamento da capacidade dos aterros sanitários e a contaminação de lençóis freáticos, mananciais e solo. Será preciso quantos outros alertas para a sociedade por um fim à prática de descarte ilimitado de lixo no meio ambiente? Com os objetivos de tirar o lixo despejado ilegalmente nas cidades e trazer informações sobre o descarte correto de resíduos, chega ao Brasil um movimento internacional que realiza mutirões de limpeza em cidades: o movimento “Limpa Brasil – Let’s Do it!”.

Ele aconteceu primeiramente no Rio de Janeiro no domingo (05), e ainda será realizado em outros lugares do país como Brasília, Campinas, Guarulhos, Goiânia, São Paulo e Belo Horizonte. O movimento pretende conscientizar a população em relação ao descarte de resíduos sólidos organizando mutirões de limpeza pelas cidades através de “EcoPontos” que funcionarão recebendo o lixo coletado pela população.

No Brasil, o projeto terá um formato diferente do Let´s Do It realizado em outros países. Isso porque, aqui, o movimento identificou que a cultura do descarte de resíduos precisa ser trabalhada para uma maior preservação ambiental do território brasileiro. Não adianta apenas retirar o lixo das ruas se, depois, as pessoas voltarem a poluí-las. Por isso, após a primeira etapa de remoção dos resíduos, o movimento pretende implementar um projeto educacional sobre reciclagem e sustentabilidade em escolas públicas, com a colaboração do Instituto Akatu e o Canal Futura. O Limpa Brasil também está estruturando outras etapas com ações sócio-educativas para aprofundar a questão com a sociedade brasileira.

por  Leandra Troyack

h1

Masdar – A cidade dos sonhos verdes

01/06/2011

Embora seja discutível que a Cidade de Esmeraldas de Oz atenda aos critérios para ser considerada uma impressionante cidade “verde”, no mundo real uma cidade planejada talvez entre nessa disputa. Masdar City, que está sendo construída em pleno deserto dos Emirados Árabes, é o modelo de cidade ecologicamente perfeita. Sua principal característica é a total sustentabilidade, incluindo a meta de tornar-se neutra de CO2.

O projeto, que pode ser considerado um verdadeiro experimento social, foi desenhado pelo famoso arquiteto britânico Norman Foster da firma Adrian Smith & Gordon Gill Architecture. Entre os recursos disponíveis aos residentes estão carros elétricos que se movimentam sem o auxílio de motoristas, ruas resfriadas por uma gigantesca torre eólica e até mesmo uma “polícia verde” responsável por gerenciar o gasto de energia dos moradores.

Tudo isso planejado cuidadosamente num total de cinco anos e com investimentos de mais ou menos US$ 1,4 bilhão. A expectativa é que, até 2015, cerca de 7 mil pessoas habitem as construções futuristas do local. Além disso, a expectativa é que cerca de 12 mil pessoas façam o trajeto diário do local até a cidade mais próxima, Abu Dhabi.

Mas para ser completamente montada e habitada (as estimativas são de até 40 mil pessoas residindo no local ao término das obras), Masdar enfrenta obstáculos como a recessão econômica global, que fez com que a equipe responsável revisse seus planos. A falta de incentivos ao mercado de tecnologias limpas também teve resultados negativos, o que obrigou o projeto a rever seu tamanho e alcance. Entretanto, segundo Dale Rollins, ex-executivo da Shell responsável pela operação geral do projeto, mais do que representar um obstáculo, as mudanças tecnológicas e econômicas servem como incentivo para obter resultados ainda melhores e com gastos menores do que o planejado. Agora o principal é esperar e observar o vislumbre de um futuro promissor surgir, literalmente, do deserto.

por Leandra Troyack