Archive for abril \27\UTC 2011

h1

Conscientização em Três Dimensões

27/04/2011

foto retirada do site do jornal Extra

Record em bilheterias mundiais, o filme Rio mostra com primazia o cenário carioca: praias, favelas, carnaval,  pontos turísticos. Tem incríveis gráficos, ótima trilha sonora e personagens cativantes. Mas, além disso tudo, o filme dá ênfase em algumas coisas: ele mostra o tráfico de animais silvestres e a extinção de um animal tão precioso: A arara-azul.

Chamada de Arara-Azul Grande, essa é uma espécie que enfrenta ameaça de extinção por causa do comércio clandestino. No Pantanal ela chegou a ser considerada extinta, mas conseguiram aumentar sua população por meio de criadouros científicos e conservacionistas.

O IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis- acaba de criar um comitê de especialistas para cuidar especificamente dos assuntos relacionados à conservação e ao manejo do animal. A meta é evitar que a arara atinja o mesmo grau de ameaça que já levou ao desaparecimento da natureza a ararinha-azul e reduziu a população de araras-azuis-de-lear.

Não é fora do comum ouvir falar de tráfico de animais, especialmente cobras, micos, aves e animais silvestres em geral, porém, com certeza é novo ver uma animação tratar com tanto cuidado o assunto. E mais do que isso, ver a conscientização crescer nessa nova geração.

por  Leandra Troyack

Anúncios
h1

Virada Cultural: Mais de 24h ininterruptas de entretenimento

19/04/2011

foto: Flávio Moraes

Neste último final de semana (16 e 17 de abril), aconteceu em São Paulo a sétima edição da Virada Cultural, um evento anual realizado pela Prefeitura Municipal com o objetivo de promover 24 horas ininterruptas de eventos culturais de diversos tipos. Foram 1.300 atrações inteiramente gratuitas, entre espetáculos de música, dança, teatro, cinema e outras atividades espalhadas pela região central da cidade, unidades do SESC e da rede CEU.

foto: Flávio Moraes

De acordo com o site oficial (viradacultural.org), passaram pelo evento nomes brasileiros consagrados como Rita Lee, Erasmo Carlos, Dominguinhos e Paulinho da Viola. Artistas internacionais também marcaram presença na terra da garoa, como Armando Manzanero, Skatalites e Steel Pulse entre outros.

foto: Flávio Moraes

Dentre as mais de mil apresentações, o evento também contou com a presença de Danilo Gentili no palco dedicado ao stand-up comedy, a banda Sepultura se apresentou com a Orquestra Experimental de Repertório, fora a Parada Cosplay e as disputas de luta livre.

Segundo o presidente da São Paulo Turismo (SPTuris), Caio Luiz de Carvalho, a Virada Cultural é emblemática para São Paulo, por mostrar que a cultura é o caminho para a cidade desenvolver o turismo. O show do U2, por exemplo, lotou e fez muita gente emendar com os dias da Virada.

por  Reuel Almeida

h1

Confira a agenda cultural da semana

18/04/2011

Escola de Sereias

18/04 – Segunda-Feira, às 19h00

Cine Humberto Mauro – Centro de Cultura Raul de Leoni

Classificação – Livre

Ingresso – Gratuito

Uma comédia musical, realizada pelo cineasta George Sidney, girando em torno dos encontros e desencontros de um jovem casal. Com memoráveis seqüências de balé aquático, e contando com uma belíssima trilha sonora, onde a grande estrela é, sem dúvida, Esther Williams.

Aquarela’s Berner 2011

19/04 – Terça-Feira, de 13h00 às 18h00

Sala VanDick – Centro de Cultura Raul de Leoni

Classificação – Livre

Ingresso – Gratuito

Utilizando-se de técnicas específicas, como texturas, bases, e certos efeitos, o guache ou a acrílica, nas obras reunidas nesta amostra de aquarelas do Artista Walter Berner, percebe-se sua alta transparência, e perfeita combinação cromática.

Music Of Joy

20/04 – Quarta-Feira, às 20h00

Theatro D. Pedro

Classificação – Livre

Ingresso – Gratuito

Projeto que atua em mais de 120 países ao redor do mundo, reunindo diversos artistas de todas as nacionalidades  para apresentações de música e dança. Com o intuito de contribuir com a cultura através de espetáculos e exposições da cultura indiana despertando a curiosidade pelo potencial de harmonia, paz e bem estar que residem em cada um de nós, podendo ser alcançado através da arte.

Eventos com cobrança de ingresso – 50% de desconto para estudantes e maiores de 65 anos. Qualquer alteração nos eventos divulgados é de responsabilidade de seus organizadores.

Alternativos

Renúncia – 3º  Conselho Espírita de Unificação

19/04 – Terça- Feira, às 20h00

Theatro D. Pedro

Classificação – 10 Anos

Ingresso – Gratuito

Adaptação de uma história real psicografada por Francisco Cândido Xavier, o espetáculo faz uma homenagem ao Dia do Espírita, e visa congregar a comunidade espírita da cidade de Petrópolis através da arte e da cultura.

Projeto Flamencos de Mi Sierra

17/04 – Domingo, das 10h00 às 16h00

Sala Guiomar Novaes – Centro de Cultura Raul de Leoni

Classificação – 10 Anos

Ingresso – R$ 150,00 (cada oficina avulsa, comprada no local)

Tendo a cultura espanhola e suas influências com tema, o projeto propõe a formação de grupos permanentes de Dança Flamenca, como também estabelecer parcerias com os artistas locais, visando assim à produção de mostrar além de espetáculos.

*Informações retiradas da Fundação de Cultura de Petrópolis

h1

Dolby anuncia nova geração de óculos 3D, mais leves e confortáveis.

13/04/2011

 Foto: Divulgação

A Dolby anunciou nesta semana uma nova geração de óculos 3D. As novidades dos óculos são as lentes óticas “multicamadas” da 3M, que são compatíveis com os sistemas digitais de cinema 3D da Dolby, além do novo design.

Graças à tecnologia desenvolvida em parceria com a 3M, os óculos são mais leves, garantindo conforto ao espectador. O novo design, especialmente o da lateral dos óculos ajudam a prevenir a entrada de luz e a reduzir reflexos.

 Os novos óculos podem ser adquiridos nos EUA por US$ 12 ou menos, se for adquiridos com outros produtos da marca. A empresa também prometeu óculos em tamanho para criança para o próximo trimestre. A novidade será apresentada no Cinemacon, evento que acontece de 28 a 31 de março em Las Vegas, nos Estados Unidos.

por: Felipe Maya

h1

Vereadores são expulsos do PSB

13/04/2011

 Os vereadores Gil Magno e Baninho estão fora do PSB, partido pelo qual legislavam. O motivo da saída forçada, dado pela direção do partido, foi infedelidade partidária. Agora o partido pode requerer, junto ao Tribunal Superior Federal (TSE), o mandato dos dois.

O processo de expulsão teve início há três meses, quando os vereadores não seguiram uma determinação do partido, na eleição para presidente da Câmara. Gil Magno e Baninho apoiaram o atual presidente, Paulo Igor (PMDB). A ideia era o PSB ter candidatura própria na Casa, o que não aconteceu. A Comissão de Ética deu um parecer favorável a saída dos dois do partido.

Os vereadores se mostraram inconformados com a decisão e afirmaram sofrer perseguição política:

 “O processo de expulsão é um instrumento de nítida e grave perseguição política, cujo objetivo é cassar os mandatos outorgados pelas urnas, que representam a vontade do povo”, afirmaram via assessoria.

O PSB declarou que os dois vereadores tiveram chance de defesa mas a expulsão era inevitável, quando os legislandos feriram princípios éticos do partido. Vadinho e Jorginho Banerj, agora, são os únicos vereadores do PSB na Casa.

 

Por Igor Berrogain

h1

Nações em desenvolvimento lutam para Kyoto não acabar

13/04/2011

Em Bangcoc, na Tailândia, os países em desenvolvimento estão tentando manter o Protocolo de Kyoto vivo mesmo que nações de grande porte como Canadá e Austrália se neguem a participar do segundo período do acordo.  A primeira fase de Kyoto, que estabeleceu metas para os países industrializados cortarem as emissões de gases-estufa, termina no fim de 2012 e ainda não está definido se haverá uma continuação.

O protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para estabelecer metas de redução na emissão dos gases que provocam o aquecimento global, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante àqueles países em desenvolvimento.

Nações em pleno crescimento, entre elas o Brasil, acreditam que é melhor ter o protocolo com um número menor de participantes do que ficar sem ele. Eles afirmam que Kyoto tem exigências mais altas e é mais confiável do que qualquer alternativa apresentada atualmente. Outra preocupação de alguns países como Japão e Rússia é o fato de potências como a China, Índia e até mesmo o Brasil não terem obrigação, pelo tratado, de reduzir as emissões.

 

por  Leandra Troyack

 

*Matéria baseada no segundo parágrafo da definição do Protocolo

h1

A cidade maravilhosa captada na tela

12/04/2011

SÃO PAULO (Reuters) – Era preciso um brasileiro para fazer um filme sobre o Rio de Janeiro. Esqueça os olhares estrangeiros, a falta de sensibilidade gringa para compreender a cor, o ritmo e o gingado. Na animação ‘Rio’, do carioca Carlos Saldanha — mesmo diretor da série ‘A Era do Gelo’ — a Cidade Maravilhosa está lá, toda captada na tela, em suas qualidades e problemas, embora esses venham um pouco amenizados. Afinal, este é um filme que tem primariamente como público as crianças.

Com sua estréia no dia 8 de abril, em cerca de mil salas de cinema, a animação se tornou o maior lançamento no Brasil, de acordo com o G1, portal de notícias da Globo.  “Rio” conta a história de Blu, uma arara azul que quando ainda filhote foi contrabandeada para os Estados Unidos. Blu encontra em Túlio, um biólogo brasileiro, a esperança de voltar as suas raízes. Túlio tem como objeto fazer com que Blu e Jade (única arara azul fêmea) cruzem para que não haja extinção da espécie.

Assim que a ararinha azul Blu e sua dona Linda chegam ao Rio de Janeiro enfrentam um enorme choque cultural, ruas fechadas, pessoas sambando para todos os lados… Era carnaval.

Já no Rio de Janeiro, Blu e Jade serão capturados por um órfão e entregues para Marcel, chefe da venda ilegal de animais. Quando a dupla consegue fugir, suas pequenas pernas estão acorrentadas. Como Blu, sempre vivendo em cativeiro, não aprendeu a voar, eles são obrigados a correr, na companhia de outras três aves, o tucano Rafael, Nico e Pedro, enquanto são perseguidos por uma malvada cacatua.

Segundo Alysson Oliveira do Cineweb, “Rio” é um filme de referências e homenagens. Por estarem acorrentados um ao outro, Blu e Jade precisam se suportar, assim como o casal de Hitchcock em “Os 39 degraus”. Já a fuga na favela traz imagens bem parecidas com a da galinha em fuga de “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles. O crítico finaliza ressaltando que as músicas bem inseridas na narrativa dão um show à parte, como Carmem Miranda que é lembrada no chapéu de frutas do cachorro Luiz.

 

por  Reuel Almeida